Recomendações

  • A hora da refeição é um momento muito importante, pois é nesse momento que colocamos no organismo preciosos nutrientes que irão elaborar a vida, proporcionando mais ou menos energia, conforme o tipo de alimento e o comportamento durante esse ato. Esse comportamento deve ser responsável. Busque um local tranqüilo, fresco, sem ruídos, sem poluição atmosférica (principalmente o cigarro).
  • Não pule refeições - as refeições devem ser realizadas em horários definidos e em ambiente tranqüilo, para possibilitar um melhor funcionamento do organismo.
  • Coma devagar, mastigando bem - É importante olhar, cheirar e mastigar bem os alimentos de maneira que se possa apreciar o sabor e para que eles possam ser totalmente triturados.
  • Diminua a quantidade de óleo das preparações, e evite comer alimentos gordurosos, frituras e alimentos com calorias “vazias” como refrigerantes, balas, açúcares refinados, etc.
  • De preferência comece as refeições pelas saladas cruas temperadas com um pouco de azeite de oliva.
  • Preocupe-se com a procedência dos alimentos evitando sempre que possível os alimentos com agrotóxico, conservantes, aromatizantes, industrializados, etc.

Observe: Selo de Qualidade IBD (Instituto Biodinâmico) - O cultivo sem agrotóxicos é apenas uma das características da agricultura orgânica. Só recebe este selo quem obedece ao Código Florestal Brasileiro, preserva matas nativas e mananciais, e não utiliza mão-de-obra infantil. Este é o selo do Instituto Biodinâmico, mas há outros que também garantem alimentos sem produtos químicos, como o da Abio e o da Ecocert.

  • Utilize hipoclorito de sódio para higienizar as frutas e hortaliças.
  • O corpo precisa de água para todas as suas funções, por isso é necessário beber cerca de 2 litros de água por dia.
  • Não tome líquidos durante as refeições.
  • Utilize sal marinho.