Toxina Botulínica

A aplicação de toxina botulínica é hoje um dos tratamentos mais procurados no combate às rugas e marcas de expressão.

Quando injetada nos músculos, a toxina botulínica bloqueia a liberação da acetilcolina, uma substância neurotransmissora responsável por promover a contração muscular. Uma vez paralisado o músculo, ocorre seu relaxamento e consequentemente a atenuação das rugas e diminuição da dor.

Pode ser aplicado na região da testa, glabela (entre os supercílios), em cima das sobrancelhas (sobre os músculos corrugadores) e na região peri-orbitária ("pés de galinha"); acima da “asas” do nariz (para correção do “sorriso gengival”); mento (queixo) e abaixo das comissuras labiais.

O efeito começa a ser percebido entre 48 e 72 horas após as aplicações, e tem o pico máximo após 21 dias, quando estabiliza.

O tempo de duração da aplicação é de 3 a 4 meses, quando então começa a diminuir e acaba totalmente com 6 meses após a aplicação. Por isso recomendamos novas aplicações a cada 6 meses.

A toxina botulínica está contraindicada em pacientes gestantes e que estejam em fase de amamentação. Outra contraindicação importante é nos casos de portadores de doenças que afetam os músculos como, por exemplo, a esclerose lateral amiotrófica.

É segura e eficaz, porém após as aplicações podem ocorrer efeitos colaterais transitórios dor de cabeça, náusea, diplopia, xerostomia (diminuição das secreções lacrimal e salivar), pequenos hematomas e ptose palpebral (abaixamento da pálpebra superior).